A Onda da Inteligência Emocional

Este se tornou um tema da moda, e cresceu ainda mais em 2020.


Você fez algum curso ou leu a respeito de Inteligência Emocional durante a pandemia?


E um dos enganos mais comuns e disseminados é o conceito de “gestão da emoção” ou “controle emocional”. Sendo que nossas emoções são automáticas e acontecem em nosso cérebro sem que possamos intervir diretamente.


Outro engano comum é o julgamento das emoções como “boas” ou “ruins”. Ex.: Alegria é lindo e um grande objetivo; enquanto a tristeza é indesejável e vista de forma repulsiva. Quando na realidade o que difere os seus efeitos é a intensidade e foco dado. Tudo o que for demais vira excesso e todo excesso torna-se prejudicial em maior ou menor grau.


Então de que se trata a tal Inteligência Emocional?


Se trata do nosso poder decisório mais consciente. Como assim?


Não controlamos nossas emoções. As percebemos com maior consciência e mais rapidamente, o que nos dá uma maior capacidade de decisão. Decisão de como agir e reagir perante a cada emoção desencadeada.